Feijoada à Brasileira


INGREDIENTES



1 1/2 kg de carne seca (melhor a de manta)
1 1/2 kg de carne de porco salgada
1 peça de costela de porco salgada (mais ou menos 1/2 kg)
1 peça de costela de porco defumada (1/2 kg mais ou menos)
2 pés de porco salgados
3 rabos de porco salgados
250 g de bacon

1/2 kg de linguiça
1/2 kg de linguiça calabresa curada
1/2 kg de paio
1 1/2 kg de feijão preto
2 maços de couve
2 maços de cheiro verde
2 cebolas grande
2 pimentas vermelhas
2 tomates maduros
4 dentes de alho
3 folhas de louro
Farinha de mandioca crua

PREPARAÇÃO


Pique as carnes (carne-seca e carne de porco) em pedaços de mais ou menos 10 a 15 cm Pique a costelas, a salgada e a defumada, seguindo as ripas e corte-as em dois pedaços cada uma. Pique os pés em quatro pedaços Pique os rabos em pedaços de 7 a 15 cm (não precisa medir, vá no chute) As linguiças deverão ser fatiadas em rodelas, retire antes a pele.

Lave as carnes em água corrente e cozinhe-as, separadas a carne seca e a costela defumada, em bastante água.

Carne seca: 40 minutos de panela de pressão.

As demais: carne de porco, costela salgada, 20 minutos. Pés e rabos podem ser cozidos juntos, por 20 minutos. A costela defumada deve ser cozida separadamente por 20 minutos.

As linguiças (calabresa, portuguesa e paio) podem ir juntas ao fogo, já cortadas, numa panela tapada, com dois copos d'água, e cozidas por 15 minutos.

Depois de tudo cozido, carnes, rabos, pés, costelas e linguiças, escorra a água do cozimento, e reserve tudo.
Experimente o sal das carnes, deverá ter saído com o cozimento. Se não saiu, dê mais uma fervura, que feijoada sem sal tem jeito de consertar, mas salgada é caso perdido.

Feijão: lave e cozinhe o dito cujo em panela de pressão por 25 minutos. Vai ficar meio duro, mas não se preocupe com isso.

Junte tudo numa panela grande (enorme).

Carnes, linguiças e feijão, acrescente dois litros de água fervente. E deixe cozinhar por 30 minutos.
Mexa de vez em quando para não queimar no fundo. Durante o cozimento, o caldo deverá engrossar (isso depende do feijão, feijão velho não dá bom caldo).

O feijão e as carnes amolecerão, chegarão ao ponto.

Retire uma cuia de caldo para fazer o molho, e reserve no canto da pia.

Prepare o tempero da feijoada: alho picado, frito na gordura do bacon (do qual você já fez um torresmo), cebola dourada na mesma gordura, e jogue tudo no panelão.

Acrescente o louro, deixe apurar um pouco e meta lá o cheiro verde picado. Tá pronta a feijoada, a consistência ideal é de lava vulcân ica.

Com os torresmos do bacon faça um farofa com farinha mandioca. A couve deve ser picada como fio de cabelo, fininha, e refogada de leve com gordura de bacon, um tico de sal para dar gosto, e é só. Aquele caldo que você deixou de lado, vai virar molho:

Duas pimentas vermelhas picadas miudamente, cebola fininha, cheiro verde picadinho, tomate sem pele em cubinhos ridículos, misture tudo no caldo, e leve tudo pra mesa.

Arroz branquíssimo para contrastar com o feijão, e tenha um muito bom apetite.

Entradas populares